segunda-feira, 5 de abril de 2010

chave de ouro

Já é Abril.
Já é Abril caralho!!! Desculpem meu francês... mas estou freaking out. Em menos de um mês estarei de volta ao Brasil de mala, cuia, laptop e uma mudança inteira.
Essa etapa de encerrar tudo por aqui além da trabalheira normal está me presenteando com imensas oportunidades e alegrias. Doismiledez está fechando com chave de ouro minha passagem por Chicago. Sinto que estou finalmente colhendo tudo que plantei artisticamente nesses meus oito anos aqui.
Semana passada gravamos um cd para o TerraMysterium. Até isso. Eu agora vou ter um cd... Com a minha voz registrada em várias músicas... Eu nunca poderia imaginar uma coisa dessas. Eu agora também cantora! O grupo está super chateado com minha partida, mas eu poder levar esse cd e deixá-los com essa memória da minha participação é muito legal. Terminamos de planejar o show de Setembro quando o TM vai fazer parte do Chicago Fringe Festival. Vai ser uma adaptação moderna dos mistérios de Eleusis, contando a história de Demeter e Perséfone. Eu seria a Perséfone deles...
Junto com a alegria de ir embora, voltando pras minhas origens - algo que eu desejo há muitos anos, agora bate também a tristeza de deixar pra trás o que eu construí nesse lugar, que de certo modo, é minha casa também.
Em julho e agosto o TM vai fazer também alguns festivais, e isso está me deixando meio nervosa, seriamente tentada a dar um jeito de escapar pra cá e participar. Paciência. Minha energia vai ter de estar totalmente focada na minha nova vida pelo menos por um tempo.

Essa semana agora são as últimas reuniões com o Teatro Luna finalizando o script de "Generic Latina 2010". A peça já começa a ensaiar com as atrizes na semana que vem!
Tem pelo menos dois textos meus ali: um sobre como eu pequena sonhava em ser escura como minhas tias e achava o máximno o poder feminino das três tomando sol, bezuntadas de nude bronze nos anos 70; e o segundo texto desfazendo o mito da Brazilian bikini wax, que faz os americanos acreditarem que todas as brasileiras retiram cem por cento dos pelos pubianos (e outros) numa depilação. O espetáculo estréia em junho quando já estarei em São Paulo. Fico chateada de não poder ver o resultado, mas elas me garantiram que conseguem uma cópia do vídeo de registro que elas sempre fazem. Aqui à direita estou eu e Miranda Gonzalez, que vai dirigir o show.


O processo está sendo divertido, rico, e de um super aprendizado pra mim. Elas tem um modo muito particular de trabalhar e escrever em ensemble, sempre partindo do autobiográfico . A companhia está fazendo dez anos e esse Generic Latina é uma revisão do primeiro show que elas escreveram e encenaram.


Um comentário:

eleonora disse...

está voltando...que bom!!! pra sp?