segunda-feira, 10 de maio de 2010

São Paulo

eu não sou de São Paulo, mas escolhi São Paulo pra viver. Cheguei faz exatamente uma semana com marido e nossas três gatas. Elas já falam português, mas descobrimos que a mais velha é uma grande aventureira. Escapou por uma brechinha na janela e foi dar uma volta no parapeito do décimo terceiro andar na nossa primeira madrugada aqui.
Tá tudo meio confuso ainda. Precisamos achar nossa casa para começarmos a contruir nosso lugar. A cabeça está a mil e os sentidos estão na velocidade da luz.
Talvez eu volte a fazer alguma coisa ligada ao jornalismo, mas não quero, não posso e não devo deixar o teatro pra trás.
Evoé!

Um comentário:

eleonora disse...

P, vida nova! que legal, agora ficou mais fácil p nos encontrarmos, benvinda de volta!